21.5.08

Notícias sem relevância jornalística

  • Santa Sé: crise alimentar, primeiro desafio do mundo atual

    "A cada vez mais extensa crise alimentar é a emergência e o maior desafio que o mundo atual tem de enfrentar, denunciou o arcebispo Celestino Migliore, núncio apostólico e observador permanente da Santa Sé nas Nações Unidas.

    … deve-se ajudar sustentando os programas que permitam aos camponeses produzir bens alimentícios no âmbito local, assim como se devem realizar maiores esforços para aliviar «os aspectos negativos das mutáveis realidades ambientais e financeiras».

    «As políticas agrícolas devem redescobrir a via da razão e da realidade … Deve-se ter cuidado para enfrentar as necessidades fundamentais das pessoas e evitar a redução do diálogo a extremos econômicos e meio ambientais interessados e guiados por motivações ideológicas.»

    … Cerca de 70% dos pobres do mundo... vive em zonas rurais... ao enfrentar o desenvolvimento sustentável, deve-se continuar concentrando-se «não só em quem consome os bens alimentícios, mas também em quem os produz».

    Desde este ponto de vista, são desejáveis maiores investimentos a favor dos pequenos agricultores, que lhes permitam aumentar a produção de modo sustentável e representem «um importante elemento para enfrentar à presença contínua da fome e da desnutrição crônicas em certas regiões
    »...

  • Papa em Gênova: na globalização, Igreja é testemunho de comunhão

    «O ser humano não se realiza em uma autonomia absoluta, acreditando que é Deus, mas ao contrário, reconhecendo que é filho, criatura aberta, dirigida a Deus e aos irmãos, nos quais encontra a imagem do Pai comum», declarou.

    «Este conceito de Deus e do ser humano se encontra no fundamento de um modelo correspondente de comunidade humana e, portanto, de sociedade», seguiu dizendo.

    «É um modelo que precede toda regulamentação normativa, jurídica, institucional, inclusive as diversas características culturais. Um modelo de família humana transversal a todas as civilizações, que nós cristãos expressamos normalmente desde crianças, afirmando que os seres humanos são todos filhos de Deus e, portanto, irmãos», assegurou.

    Por isso, declarou, «em uma sociedade que se encontre entre a globalização e o individualismo, a Igreja está chamada a oferecer o testemunho do ‘koinonia’, da comunhão. Esta realidade não vem ‘de baixo’, mas é um mistério que tem, por assim dizer, ‘as raízes no céu’: precisamente em Deus uno e trino».

  • India at Peace. But Not with the Christians

    "In step with the economic indices, attacks against the churches and faithful are also rising in the big Asian country. Amid the silence and disinterest of the world. A report from the state of Orissa, the area most affected by the violence."

Sem comentários: