8.1.10

Dia 34

Boa notícia.

Os médicos diagnosticaram finalmente a doença que está a impedir a Madalena de respirar por si própria.

Chama-se Síndroma de Guillain-Barré e foi desencadeada pela infecção que originou o internamento. É uma doença auto-imune muito rara que ataca e destrói as ‘bainhas dos nervos’ periféricos provocando paralisia dos músculos.

A doença da Madalena já está bastante avançada e, para além de impedir a respiração autónoma, afecta também pés, pernas, braços, mãos, etc…, mas o risco de morte é reduzido !

Com este diagnóstico, os ‘episódios’ de baixa de ritmo cardíaco e de oxigénio que exigiam reanimação, atropina, etc.., e que tanto terror nos provocam, deixarão de ter a mesma frequência.

Ela não vai morrer.

Sem comentários: