20.7.10

S. Apolinário, Bispo e mártir (20 de Julho)

"Um dos primeiros mártires da Igreja.

Consagrado Bispo de Ravena pelo próprio S. Pedro, exerceu este ministério durante 26 anos.

Os milagres que operava e a sua pregação fizeram muitos conversos nesta cidade e desencaderam a fúria dos idólatras. Espancado e expulso da cidade, foi encontrado meio-morto e escondido pelos cristãos.

Novamente capturado, foi obrigado a andar sobre carvões em brasa e novamente expulso. Apesar das dificuldades, continuou a evangelizar nas proximidades da sua cidade.

Capturado pela terceira vez, foi esfaqueado, derramaram água a ferver sobre as suas feridas e bateram-lhe na boca com pedras porque persistia em pregar. Acorrentado, foi atirado para uma masmorra. Passados 4 dias foi posto num navio e enviado para a Grécia.

Continuou a evangelizar e a fazer milagres, razão pela qual foi de novo cruelmente espancado e devolvido à procedência.

Regressou a Ravena pela quarta vez, numa altura em que o Imperador Vespasiano tinha feito publicar um édito de expulsão contra os cristãos. Quando se preparava para abandonar a cidade, foi apanhado e selvaticamente agredido.

Sobreviveu ainda 7 dias durante os quais avisou os cristãos que as perseguições iriam aumentar de intensidade, mas que a Igreja acabaria por triunfar."

[Fonte]

Sem comentários: