21.7.10

S. LOURENÇO DE BRINDES, presbítero e doutor da Igreja (21 de Julho)

"S. Lourenço foi o primeiro frade capuchinho a receber o título de doutor da Igreja.

Capelão militar, diplomata, líder da contra-reforma na Áustria e na Hungria, professor de Sagrada Escritura, exegeta e mariologista, foi canonisado pelo Papa Leão XIII em 1881 e declarado Doutor da Igreja pelo Papa João XXIII em 1959.

Poliglota, dominava o hebreu, o grego, o alemão, o húngaro, o espanhol e o francês e demonstrava um extraordinário conhecimento da Bíblia.

Pregador de talento,os seus sermãos ganharam fama por todo o norte de Itália.

Enviado à Alemanha pelo Papa para estabelecer a ordem dos capuchinhos nesse país, tornou-se capelão do Imperadore Rudolfo II.

Foi capelão militar tendo exercido notável influência sobre os soldados cristãos que sustiveram a invasão muçulmana na Hungria em 1601.

Graças aos seus esforços, estabeleceu.se a paz entre a Espanha o reino de Sabóia.

A sua compaixão pelos pobres, pelos necessitados e pelos doentes tornou-se lendária.

Foi, igualmente, superior-geral da sua ordem transformando os capuchinhos num dos pilares da restauração católica.

Evidenciou-se na aplicação dos ensinamentos do Concílio de Trento, tento o Papa Bento XV considerado que Lourenço era um dos mais destacados defensores que "a Divina Providência faz surgir para ajudar a Igreja em tempos de tribulação".

Faleceu em 1619, enquanto se encontrava em Lisboa, onde se tinha dirigido para interceder junto do Rei Filipe III pelo oprimido povo de Nápoles.

[Fonte]

Sem comentários: