20.5.13

A propósito da "coadoção por casais homossexuais"...


... encaminha-se o povo para o Do Portugal Profundo, onde o Prof. ABC explica o objetivo da coadoção por casais homossexuais.

Acrescento apenas que esta lei é mais uma das alavancas com as quais se tenta expulsar a Igreja da vida pública e condicionar a sua actuação. Não é nada de novo. Aconteceu e está a acontecer noutros países.

Quanto à questão político-partidária e eleitoral, cito-me a mim próprio:
Parece-me que o "votante católico" (se é que ainda existe tal coisa), sofre de uma mistura do síndroma de estocolmo e do síndroma da mulher abusada - vota no PSD ou no CDS mesmo sabendo que estes partidos o tratam mal e, no fundo, o desprezam. Mas mesmo que ainda exista alguma réstea de amor nesta relação disfuncional, [o voto útil] não é melhor caminho para garantir que os abusos não se voltem a repetir. É preciso enfrentar esta gente ou então nunca seremos respeitados."
P.S. UM FACTO CURIOSO: nenhum orgão de "comunicação social" publicou sondagens sobre esta matéria nos dias que antecederam a votação.

Sem comentários: