7.5.13

Sócrates diz que colocação da dívida foi «um sucesso»

"José Sócrates entende que operação de venda de dívida portuguesa foi um «sucesso»

O leilão de hoje foi «um sucesso na procura e um sucesso no preço, e isso é a melhor demonstração de confiança na economia portuguesa por parte dos mercados», sublinhou José Sócrates...

Sócrates acrescentou que o resultado da operação de refinanciamento o deixou «muito satisfeito», considerando-o «o reconhecimento por parte dos mercados de quer Portugal está a fazer o que deve»...

... Sócrates indicou ainda que «ao estarmos a batalhar por Portugal estamos também a batalhar pela Europa, porque o que estamos a fazer por Portugal é também um trabalho que fazemos para defender o euro e o projecto europeu.

Na opinião de Sócrates, a colocação da dívida a juros menores ... é «a reacção dos mercados à boa conduta do governo português de reduzir o défice e pôr as contas em ordem».

... O Tesouro português colocou hoje obrigações a dez anos com uma taxa de juro de 6,716 por cento, inferior à da emissão anterior, que atingiu os 6,806 por cento, tendo tido uma procura 3,2 vezes superior à da oferta.

A procura, segundo a mesma fonte, bateu o recorde dos últimos dez anos....

... No mesmo dia, o primeiro-ministro, José Sócrates, anunciou que o défice orçamental ... se deverá situar abaixo dos 7,3 previstos e que o país tem uma folga orçamental de 800 milhões de euros, com o chefe do Governo a garantir que Portugal não vai pedir ajuda financeira, porque não necessita."

TSF, 12/01/2011 (3 meses antes do pedido de resgate)

Sem comentários: