28.4.14

We know exactly what he means... [ed. 28/04/2014]

[28/04/2014]

Na Encíclica Quanta Cura, o Papa Pio IX, beatificado pelo Papa João Paulo II juntamente com o Papa João XXIII, ensina que:
"who does not see and plainly understand that a society of men who are released from the bonds of religion and of true justice can have no other aim, surely, than the goal of amassing and heaping up wealth, and that it (society) can follow no other law in its actions except an uncontrolled cupidity of soul, a slave to its own pleasures and advantages ?" (Dz. 1691).
O Papa Pio IX pergunta retoricamente "quem é que não vê e compreende claramente" que os males das sociedades modernas resultam da separação de Deus ?

E a resposta é... o Papa Francisco I. Hoje mesmo na sua conta de twitter (fará parte do Magistério ?) afirmou:
"Inequality is the root of social evil.".
Francisco substitui assim a conversão pela redistribuição. É assim como substituir o martelo pelo prego...

[27/04/2014]

Papa Francisco I, na Homilia da Missa das duas canonizações:
"May these two new saints and shepherds of God’s people intercede for the Church, so that during this two-year journey toward the Synod she may be open to the Holy Spirit in pastoral service to the family. May both of them teach us not to be scandalized by the wounds of Christ and to enter ever more deeply into the mystery of divine mercy, which always hopes and always forgives, because it always loves."
Valerá a pena esperar dois anos ? Acaba já com isto que é para eu poder ir à minha vida...

Elucubração não relacionada resultante da leitura da homília: O Papa Fancisco lê as Sagradas Escrituras e vê-se sempre no papel de Jesus ou dos Profetas. As semelhanças são sempre impressionantes. [Já os críticos do francisquismo são sempre fariseus.] O Papa Fancisco canoniza dois dos seus antecessores mas é como estivesse a canonizar-se a si próprio. São imprssionantes as semelhanças entre os dois Santos e o novo Papa. E, coincidência das coincidências, não é que os novos santos de altar apoiam totalmente o francisquismo ?


Sem comentários: