7.5.17

#FrancisEffect is #FakeNews: number of practising catholics reaches historical low under Bergoglio

Il Giornale, 07/05/2017


"...Se nel 2007 una persona su tre (esattamente il 33,43 per cento) dichiarava di frequentare luoghi di culto almeno una volta alla settimana, oggi la percentuale è scesa al 27,5%, minimo storico degli ultimi dieci anni. 

Altro che «effetto Bergoglio»! Papa Francesco, così popolare e apprezzato, sembra non sortire alcun effetto positivo sulla pratica religiosa degli italiani.

Insomma, mentre rimane stabile il numero di coloro che continuano a professarsi cattolici non praticanti, diminuisce progressivamente il numero di coloro che almeno la domenica si recano in una chiesa o in parrocchia per assistere alla funzione religiosa.

La presenza nei luoghi di culto, in buona sostanza, è arrivata proprio sotto Bergoglio ai minimi storici..."
"...Se em 2007 um pessoa em cada três (exactamente 33,43%) dizia frequentar um lugar de culto pelo menos uma vez por semana, hoje este valor desceu para os 27,5%, um mínimo histórico dos últimos dez anos.

Que «efeito Bergoglio»! O Papa Francisco, tão popular e apreciado, parece não ter qualquer efeito positivo sobre a prática religiosa dos italianos. 

Em resumo, enquanto se mantém estável o número daqueles que se declaram católicos não praticantes, diminui progressivamente o número daieles que pelo menos ao Domingo vão a uma Igreja ou a paróquia para assistir a uma função religiosa.

A presença nos lugares de culto, em substância, chegou sob Bergoglio a um mínimo histórico..."

Sem comentários: