16.4.18

"Missa" doméstica para aqueles que não podem deslocar-se à Igreja / House Mass for those who are hindered from going to Church


Formar uma Boa Intenção antes da Santa Missa.
(Para ser usado quando, por motivo razoável, alguém se encontrar impedido de ir à igreja.)


Eu creio, Senhor Jesus, que na última ceia Vós ofereceste um verdadeiro sacrifício; eu acredito porque Vós no-lo destes a conhecer através da Igreja Católica que, desde os tempos dos Apóstolos, sempre tal nos ensinou.

Visto que Vós ordenastes aos Apóstolos e aos sacerdotes ordenados por estes, que fizessem o mesmo até ao final dos tempos, ofereço-Vos, com o sacerdote, este Santo Sacrifício da Missa (que eu acredito ser uno com aquele oferecido no Monte Calvário), para Vossa honra e glória, como penhor da minha vassalagem e serviço, em agradecimento pelos inúmeros benefícios que Jesus me tem conferido e ao mundo inteiro, em satisfação pelos meus pecados e pelos pecados de toda a humanidade, e para obter a graça da contrição perfeita pelos meus pecados.

Também Vos ofereço esta Santa Missa pelos meus amigos, benfeitores, por aqueles de que sou devedor e por aqueles por quem Vós quereis que eu reze. Ofereço-a também pelos meus inimigos, para que se convertam, por todos os fiéis defuntos, particularmente pelos  meus [pais e] parentes, e pelo bem-estar de toda a Cristandade.

"Missa" Doméstica
(ou um método de participar espiritualmente no Serviço Divino para aqueles que se encontram
impedidos de assistir ao Santo Sacrifício na igreja)

I.  Desejo sincero de participar no Santo Sacrifício

Santíssima Trindade que sois um só Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, omnipotente fonte de todas as coisas; meu Pai, meu misericordioso Redentor, Fonte da minha santificação e felicidade, eu, Vossa mais indigna criatura, aventuro-me a comparecer diante de Vós, para Vos demonstrar, meu verdadeiro Deus e Criador, toda a honra, adoração e confiante submissão; para Vos agradecer pelos inumeráveis ​​benefícios que recebi de Vós, para Vos louvar pela Vossa glória (pois eu fui criado para Vossa glória); para implorar as Vossas misericórdias, e apaziguar a Vossa justiça, porque tenho pecado frequente e tão gravemente contra Vós.

Não há forma mais digna e perfeita de fazer tudo isto que não seja ouvindo, com fé e devoção, a Santa Missa, pois nesse Santo Sacrifício Vos é oferecido o mais sublime sacrifício de louvor e acção de graças, o mais eficaz sacrifício de súplica e propiciação, o mais digno sacrifício de salvação pelos vivos e mortos.

Mas, não podendo estar hoje corporalmente presente na Santa Missa, colocar-me-ei pelo menos em espírito diante do altar onde Jesus Cristo, de maneira incruenta se oferece a Si próprio a Vós Ó Pai Celestial.

A este sacrifício glorioso eu uno esta minha oração; unido com o Filho de Deus, fervorosamente desejo da forma mais veemente louvar, amar, suplicar-Vos, Pai Celeste, reparar todo o mal e vergonha de que tenho sido responsável, e realizar completamente tudo o que pode ser realizado pelo Santo Sacrifício da Missa. Para este fim, concedei-me a Vossa divina graça para que eu possa fazer tudo isto com sincera devoção. Ámen.

II. —  Contrição pelos pecados com fé e confiança em Jesus Cristo e uma oferenda dos seus preciosos méritos.

Pai Santo, confesso com tristeza que raramente Vos servi com um coração indiviso, mas antes, muitas vezes Vos ofendi e, pela minha preguiça e negligência, fiz cair sobre mim uma infinita culpa diante de Vós. Refugio-me portanto nos méritos do Vosso amado Filho, agora presente no altar, que tão livremente nos dedica e comunica sua graça e favor.


No Santo Sacrifício da Missa Jesus oferece-Vos, por mim, a mais alta veneração e amor, o mais perfeito louvor, a mais calorosa acção de graças e a mais sentida expiação. Para perfeito perdão dos meus pecados, ó Pai Celestial, Eu Vos ofereço todo o sofrimento e morte de Jesus Cristo que agora, de uma maneira incruenta, será renovada sobre o altar. Ó benigníssimo Pai, Vosso Filho sofreu e morreu por mim, um pobre pecador. Com grato amor apresento diante de Vós, como preciosa e agradável oferenda, os infinitos méritos do Seu sofrimento e morte. Confio firmemente que, por causa deste sacrifício inestimável de Vosso Filho, não considerareis a minha culpa e que aumentareis em mim a Vossa graça. Ámen.


Ó Pai das misericórdias, e Deus de toda a consolação, para Vós me volto esperando a Vossa ajuda e graça. Olhai benignamente para a minha miséria e desgraça, e deixai que as minhas súplicas Vos sejam apresentadas.

De forma a que, com mais certeza, eu possa ser ouvido por Vós, compareço diante do trono da Vossa graça, que para nossa salvação, se encontra no Santo Sacrifício da Missa, onde o inocente Cordeiro de Deus Vos é misteriosamente oferecido ó Pai Santo, Deus Omnipotente, Deus Pai Todo Poderoso, pela remissão dos nossos pecados.

Considerai, eu vos imploro, a inocência deste santo sacrifício e, por causa dele, estendei sobre mim a Vossa misericórdia.

Ó meu Salvador, quão grande é o Vosso amor por mim que, para satisfazer os meus pecados, e me ganhar a graça do Vosso Pai, Vos impeliu a suportar tão amargas dores, e até a própria morte. Quão grande ainda é esse Vosso amor por mim, que Vos leva, em cada Santa Missa, a renovar, de uma forma incruenta, a Vossa morte de propiciação, a fim de me aplicardes e de me comunicardes os Vossos méritos. De todo o coração Vos agradeço por isto, o Vosso grande amor, e das profundezas da minha alma, peço-Vos que me façais participante dos seus frutos, e que me fortaleçais e confirmeis pela graça do Espírito Santo, para que eu possa detestar o pecado e toda a vida profana, para que eu possa crucificar minha carne, com todas as suas paixões, negar-me a mim mesmo, e seguir os Vossos passos, que todos os meus pensamentos e palavras, tudo o que eu faço ou deixo de fazer possa ser um serviço vivo a Deus, e um sacrifício agradável a Ele.

Assim como Vós Vos ofereceste ao Vosso Pai Celestial, levai-me também nos braços do Vosso amor e misericórdia, e apresentai-me a mim, um pobre e falível pecador, como oferta ao Vosso Pai, e não me deixeis mais ficar separado do seu amor. Ámen.

III. — Adoração do Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus Cristo sob as aparências de Pão e Vinho.

Ó santíssimo Jesus, diante de Vós os coros celestiais ajoelham-se e adoram; com eles elevo a minha voz e clamo: Santo, santo, santo,  sois Vós, Senhor dos exércitos. O céu e a terra estão cheios da Vossa graça e glória. Vós estais presente, ó Jesus, sob as aparências do pão e do vinho.

Ouvi, Ó ouvi a minha oração. Eu golpeio o meu peito e confesso a minha indignidade; mas com firme confiança Vos imploro, Jesus tende misericórdia de mim. Ó  benigníssimo Jesus, perdoai-me os meus pecados. Ó santíssimo sangue, lavai os meus pecados. Ó preciosíssimo sangue de Jesus, rico em graça, clamai ao céu para que a misericórdia se derrame sobre mim. Deus Santíssimo, recebei este sangue precioso, juntamente com o amor através do qual foi derramado; recebei-o como uma oferta do meu amor e gratidão para maior glória do Vosso Nome; para o perdão do meus pecados; em satisfação das punições que eu mereci; para remoção das manchas da minha culpa, como reparação por todas as minhas negligências, e como compensação por todos os pecados que eu cometi por ignorância ou fragilidade; recebei-o também como um sacrifício para consolação dos aflitos; pela conversão dos pecadores; para a recuperação dos enfermos e sofredores; para o fortalecimento daqueles que se aproximam da morte; para refrigério, purificação e redenção das almas dos defuntos no purgatório. Ámen.

IV. — Inabalável Confiança em Jesus Cristo.

Para Vós, Benigníssimo Jesus, elevo os meus olhos e o meu coração. Ó voltai para mim o Vosso adorável semblante e o Vosso amor verdadeiro. Contemplai, Ó Senhor, a minha manifesta necessidade e o grande perigo em que se encontra a minha alma. Ó recebei-me Vós que sois o meu único e verdadeiro mediador e ajudante. Sede, através do Santo Sacrifício da Missa, a minha salvação, e obtende-me toda a remissão dos meus pecados. Ó, mostrai a Vosso Pai o quão cruelmente foste açoitado, coroado, crucificado e morto por nós e assim reconciliai este pobre e miserável pecador com a estrita justiça de Deus. Ámen.

Pai Nosso. Avé Maria.

V. Aquele que pede em nome de Jesus será atendido.

Ó Cordeiro de Deus, que sofrestes por nós miseráveis ​​pecadores, tende misericórdia de mim, e oferecei ao Pai a Vossa paixão para perdão dos meus pecados. Ó Cordeiro de Deus, que morreste por nós miseráveis ​​pecadores, tende misericórdia de mim, e oferecei a Deus a Vossa morte em satisfação pelo meu pecados! Ó Cordeiro de Deus, que Vos sacrificastes por nós miseráveis pecadores, tende misericórdia de mim e oferecei o Vosso santíssimo sangue ao Pai pela purificação da minha alma.

Pai Celestial, ofereço-Vos esta preciosa e digníssima oblação. Os meus pecados são mais numerosos do que os cabelos da minha cabeça, mas, ó justo e misericordioso Deus, colocai esta oferta preciosa num dos pratos da balança e os meus pecados no outro, e isso superará em muito a minha culpa. Ó misericordioso, Ó santo Deus, dai-me a Vossa bênção antes que eu termine a minha oração e através dessa bênção deixai-me obter a Vossa graça para começar a emendar a minha vida e a renunciar a tudo o que é pecaminoso e Vos é desagradável. Apoiai-me na minha fraqueza; fortalecei-me quando as tentações me assaltam e nunca me permitais que me esqueça que estais perto de mim.

Ó dia precioso! mas talvez o último da minha vida. Ó dia feliz! se me tornar melhor. Santa Mãe de Deus, Maria, Santos Anjos e amigos de Deus, rezai por mim e guiai-me no caminho da verdade. Ó Deus, concedei o Vosso amor aos vivos e Vossa paz aos mortos. Ámen.
Form of making a Good Intention before Holy Mass.

(To be used when, by reasonable cause, one Is hindered from going to church.)

I believe, Lord Jesus, that in the last supper thou didst offer up a true sacrifice ; I believe it because thou hast made it known to us through the Catholic Church, which from the Apostles' times has constantly taught the same to us. 

Since thou didst command the Apostles and the priests ordained by them, to do the same till the end of time, I therefore offer to thee, with the priest, this Holy Sacrifice of the Mass (which I believe to be one with that offered on Mount Calvary), to thy honor and glory, in acknowledgment of my most bounden service, in thanksgiving for the innumerable benefits which Thou hast conferred upon me and upon the whole world, in satisfaction for my sins and the sins of all mankind, and for obtaining the grace of perfect contrition for my sins.

I also offer to thee this Holy Mass for my friends, benefactors, for those for whom I am bound, and for whom thou williest me to pray. I also offer it for my enemies, that they may be converted, for all the faithful departed, particularly for my parents and relatives, and for the welfare of all Christendom 


House Mass
(or a lifting up of the heart during the time of Divine Service, for those who are hindered from attending the Holy Sacrifice of the Mass in church) 

I. — Heartfelt Desire to Participate in the Holy Sacrifice,

Most Holy Trinity, God, Father, Son, and Holy Ghost, almighty source of all things; my best Father, my merciful Redeemer, the Fountain of my sanctification and happiness, I, thy most unworthy creature, venture to appear before thee, to show to thee, my true God and Creator, all honor, adoration, and trustful submission ; to thank thee for the innumerable benefits which I have received from thee to praise thee for thy glory (for I am created for thy praise) ; to implore thy mercies, and to appease thy justice, because I have so often and so grievously sinned against thee. 



All this I cannot do in a worthier and more perfect manner than by hearing, with faith and devotion, Holy Mass. For in that Holy Sacrifice is offered to thee the most sublime sacrifice of praise and thanksgiving, the most efficacious sacrifice of supplication and propitiation, the most worthy sacrifice of salvation for the living and dead.

But because I cannot this day be present bodily at the Holy Mass, I will, at least in spirit, place mysel before the altar where Jesus Christ in unbloody manner offers himself O Heavenly Father, to thee.

With this glorious sacrifice I unite my present prayer ; I fervently desire, united with the Son of God, in the strongest manner to praise, love, supplicate thee, Heavenly Father, to repair all the wrong and shame that I have wrought, and completely to accomplish all that can be accomplished by the Holy Sacrifice of the Mass. To this end give me thy divine grace, and grant that I may perform all this with sincere devotion. Amen.



II. — Contrition for Sins with Faith and Confidence in Jesus Christy and an Offering up of His Precious Merits.

Holy Father, I confess with sorrow that I have seldom served thee with an undivided heart, but rather have often offended thee, and by my slothfulness and neglect have brought upon myself infinitely great guilt before thee. I therefore take refuge in the merits of thy Beloved Son, now present upon the altar, who so freely commends and imparts to us his grace and favor. 

In the Holy Sacrifice of the Mass Jesus offers to thee, for me, the highest veneration and love, the most perfect praise, the most hearty thanksgiving, and the most kind expiation. For the perfect forgiveness of my sins, O Heavenly Father, I offer up to thee the whole suffering and death of Jesus Christ, which now, in an unbloody manner, is renewed upon the altar. O most benign Father, thy Son has suffered and died even for me, a poor sinner. With thankful love I bring before thee as a precious and pleasing offering, the infinite merits of his suffering and death. I firmly trust that, on account of this inestimable sacrifice of thy Son, thou wilt not regard my guilt, and that thou wilt increase in me thy graces. Amen.

O Father of mercies, and God of all consolation, to thee I turn for help and grace. Graciously look upon my misery and wretchedness, and let my supplications come before thee. 

 
That I may the more surely be heard by thee, I appear before the throne of thy grace, which for our salvation, is set up in the Holv Sacrifice of the Mass, where the innocent Lamb of God is mysteriously offered up to thee, Holy Father Almighty God, for the remission of our sins. 


Regard, I beseech thee, the innocence of this holy sacrifice, and for the sake thereof, extend to me thy mercy.

O my Saviour, how great is that love of thine for me which, to make satisfaction for my sins, and to gain me the grace of thy Father, impelled thee to endure for me such bitter pains, and  even death itself. O how great is yet that love of thine for me, which causes thee, in every Holy Mass to renew, in an unbloody manner, thy death of propitiation, in order to apply and communicate to me thy merits. With my whole heart I thank thee for this, thy great love, and from the depths of my soul I beseech thee to make me a partaker of the fruits of it, and to strengthen and confirm me by the grace of the Holy Ghost, that I may detest sin and all unholy living, that I may crucify my flesh, with all its passions, deny myself, and follow in thy footsteps, that all my thoughts and words, all that I do or leave undone, may be a living service of God, and a sacrifice well pleasing to him.


As thou hast offered up to thy Heavenly Father thyself, so take me also in the arms of thy love and mercy, and present me, a poor erring sinner, as an offering to thy Father, and let me no more be separated from his love. Amen. 



III. 
—  Adoration of the Most Holy Body and Blood of Jesus Christ under the appearances of Bread and Wine. 

O most holy Jesus, before thee the heavenly choirs kneel and adore; with them I lift up my voice and cry, Holy, holy, holy, art thou, Lord of hosts. Heaven and earth are full of thy grace and glory. Thou art present, O Jesus, under the appearances of bread and wine. 




Hear, O hear my prayer. I strike my breast and confess my unworthiness ; but with firm confidence I implore thee, Jesus, be merciful to me. O most benign Jesus, forgive me my sins. O holy blood, wash me from my sins. O precious blood of Jesus, O blood of Jesus, rich in grace, cry out to heaven for mercy upon me. Most holy God, receive this precious blood, together with the love through which it was shed ; receive it as an offering of my love and thankfulness, for the greatest glory of thy name ; for the forgiveness of my sins ; in satisfaction of the punishments which I have deserved ; for the washing away of the stains of my guilt, as reparation for all my neglects, and as amends for all the sins which I have committed through ignorance or frailty; receive it also as a sacrifice for the consolation of the afflicted; for the conversion of sinners; for the recovery of the sick and suffering; for the strengthening of those who draw near to death ; for the refreshment, purification, and deliverance of  the souls of the departed in purgatory. Amen. 


 

IV. — Unshaken Confidence in Jesus Christ. 

To thee, most benign Jesus, I lift up my eyes and my heart. Oh, turn upon me thy gracious countenance, and thy true love. Behold, O Lord, my manifest need, and the great danger of my soul. Oh, receive me, thou who art my only true mediator and helper. Be thou, through the Holy Sacrifice of the Mass, my salvation, and obtain for me the entire remission of my sins. Oh, represent to thy Father how cruelly thou wast scourged, crowned, crucified, and put to death for us, and thereby reconcile with the strict justice of God rae, a miser able sinner. Amen.


 


Our Father. Hail Mary.

V. 
He who asks in the name of Jesus shall receive. 

O Lamb of God, who suffered for us miserable sinners, have mercy upon me, and offer up to the Father thy passion for the forgiveness of my sins. O Lamb of God, who died for us miserable sinners, have mercy upon me, and offer up to God thy death in satisfaction for my sins! Oh Lamb of God, who didst sacrifice thyself for us miserable sinners, have mercy upon me, and offer up thy holy blood to the Father for the cleansing of my soul.

 

Heavenly Father, I offer up to thee this precious and most worthy oblation. My sins are more in number than the hairs of my head, but, O just and merciful God, lay this precious offering in the one scale and my sins in the other, and that will far outweigh my guilt. O merciful, O holy God, give me thy blessing before I end my prayer, and through this blessing let me obtain grace at once to begin to ammend my life, and to renounce whatever is sinful and displeasing to thee. Support me in my weakness ; strengthen me when temptations assail me, and let me never forget that thou art near me.

 


O precious day ! but perhaps the last of my life. O happy day ! if it shall make me better. Holy Mother of God, Mary, holy angels and friends of God, pray for me and lead me in the way of truth. O God, grant thy love to the living, and thy peace to the dead. Amen.

Fonte/Source: Goffiné, Leonard (1648-1719), "Devout instructions on the Epistles and Gospels for the Sundays and holydays : with explanations of Christian faith and duty, and of Church ceremonies", 1850

Sem comentários: